O criador Amândio Alves Salomão foi o nome da noite no Leilão Elo de Raça, realizado neste domingo, em Uberaba (MG), no segundo dia de atividades da Expozebu 2018. Ele  arrematou 50% do touro Landau da Di Genio, animal que vem modernizando a pecuária do Brasil e incrementando o processo de seleção. Uma noite histórica para o comprador, para o criador de Landau, João Carlos Di Gênio e para o Grupo Publique, que registrou tudo com o programa Fala Carlão, primeiro a entrevistar o feliz comprador.

Filho de Brado da Santa Marina em vaca Fajardo crioula da Di Genio, LANDAU DA DI GENIO já se destaca como grande reprodutor da nova geração. Mesmo jovem, LANDAU já tem mais de oito mil filhos com Registro Geral de Nascimento (RGN) da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e um total de 14.815 filhos comunicados até o momento. “Com apenas 30 meses de comercialização de sêmen, nos programas SYNC de controle de índice de prenhez e Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) da ABS Pecplan, que dispõem de mais de 700 informações, o LANDAU mantém uma média de 61% de prenhez, testado em 20 fazendas de oito regiões. Prova de que ele é um reprodutor de uso em larga escala”, assegura Antonio Aurico, Gerente do Nelore Di Genio.

Desde 2015, ano em que foi Reservado Grande Campeão na ExpoZebu, LANDAU está na Central da ABS Pecplan de Uberaba/MG. “Um ponto importante a ressaltar é a quantidade de doses produzidas neste período: foram 97.500 doses de sêmen convencional e duas mil doses sexadas. É um touro de cinco anos de idade que está no auge de sua forma produtiva, com condições sanitárias e físicas perfeitas”, afirma o Dr. Fernando Vilela, Gerente de Produção da ABS. “A genealogia do LANDAU atende tanto ao segmento de pista quanto comercial. Temos habilidade materna, fertilidade e desempenho no mesmo animal. É um touro que já produziu praticamente 100 mil doses de sêmen, com mais de R$ 3 milhões de faturamento, cabeceira nos três principais sumários da raça. É o touro de destaque da bateria e, com certeza, vai agregar valor para quem adquiri-lo”, reforça Gustavo Morales Brito, Gerente de Produto Corte Zebu da ABS Pecplan.

A Raça Senepol está brilhando na Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow), que começa nesta segunda-feira, em Ribeirão Preto (SP). O gado é raça exclusiva na feira, com uma inédita de animais criados nas fazendas do Senepol da Barra, situadas em Rifaina, no interior de São Paulo, e em municípios de Minas Gerais. São 21 animais, entre touros, doadoras e cruzamento Senopol e Nelore. O Senepol é uma raça que tem como vantagens o abate precoce, a maior quantidade de vacas por touro, rendimento e acabamento de carcaça elevados a pasto, maior premiação por carcaça, alto desempenho reprodutivo e libido e rentabilidade. Além disso, a raça também possui baixos índices de infestação de ecto e endoparasitas, não necessita de manejo especial em sua criação, desmama com maior peso e reduz os percentuais de acidentes com mão de obra e infraestrutura.

Segundo Rafael Ribeiro Trajano Telles, gestor da Senepol da Barra, essa iniciativa é importante porque esse tipo de gado tem se destacado no campo, por meio do mercado crescente e do aumento da comercialização dos animais. “A Agrishow 2018 é a maior feira de tecnologia agrícola da América Latina, recebendo um público especializado na agropecuária do Brasil e do exterior, que poderá conhecer os benefícios dessa raça, a única adaptada ao clima brasileiro”, diz. “É a primeira vez que há na feira uma exposição desse tipo de gado. Assim, essa iniciativa pioneira nos traz excelentes expectativas em termos de visibilidade, conhecimento, relacionamento e negócios”, acrescentou.

O Agrishow vai ser realizado de 30 de abril a 4 de maio, em Ribeirão Preto (SP), e deve receber pelo menos 150 mil visitantes

Dia 3 de maio, às 17h30, na sede da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (ASBIA), no Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG). Uma homenagem especial à Mídia que acompanha e divulga o Agronegócio do Brasil. O tema deste ano é “Veículos de Comunicação Que Contribuem Para o Desenvolvimento do Agro e as Biotecnologias Reprodutivas”. Serão homenageados veículos de comunicação em quatro categorias: Mídia Impressa Leite, Mídia Impressa Corte, Mídia Digital e Televisão.

O terceiro mês do Programa Fala Carlão no Canal Rural vai marcar época, como uma das estrelas da 84ª edição da Expozebu, que começou neste sábado e prossegue até de maio, no Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG). O Fala Carlão estará ao vivo com flashes diários pelo Canal Rural, a partir do estande do Canal na Exposição, em uma parceria com Paulo Leonel, na Casa do Zebu. A 84ª Expozebu vai comemorar os 80 anos do registro genealógico das raças zebuínas, reunir mais de 1.200 animais, receber um público de 300 mil pessoas, movimentar R$ 170 milhões em negócios e leilões, além de brindar a cidade com apresentações musicais de artistas da música popular brasileira e uma série de serviços como alimentação, diversão e comércio de produtos variados. E é este ambiente de pecuaristas, profissionais da indústria de insumos do segmento, peões de fazendas do país inteiro, pesquisadores, professores, moradores das cidades da região e apreciadores do mundo da agropecuária que o Fala Carlão vai mostrar durante os nove dias do evento. Em entrevistas descontraídas e de conteúdo, mostrando os bastidores e as atividades do mais tradicional evento da pecuária do Brasil, detentor do maior rebanho bovino do mundo, produtor de leite e responsável pela maior exportação anual de carne bovina do planeta. Programa Fala Carlão em flashes especiais durante toda a Expozebu 2018. Com o comando do Carlão da Publique. No Canal Rural. É o Brasil que dá orgulho de ver!

 

É hoje, domingo, dia 29 de abril, segundo dia da Expozebu 2018, em Uberaba (MG). O tradicionalíssimo Leilão Elo de Raça. Oportunidade única para criadores e investidores levarem para os seus rebanhos toda a excelência de animais como Landau da Di Genio e Elegance Euro da Carpa, exemplares que vem modernizando a pecuária do Brasil.

Fazer Comunicação no Agronegócio mais dinâmico do planeta, o Agro Brasil, é cair na estrada o tempo inteiro, interagindo com clientes, produtores, pesquisadores, profissionais de empresas, líderes classistas. E divulgando os produtos do Grupo Publique, como a Revista do Senepol, que acaba de ser editada, com as notícias mais importantes que envolvem a raça número um para o cruzamento industrial de qualidade. A equipe Publique está rodando por fazendas, universidades, centros de pesquisa, criatórios, centrais, moinhos, plantações, usinas. Passando por São Paulo, Valparaíso, Piracicaba, Avaré, Presidente Prudente, Uberaba, Birigui. E você vai conferir tudo nas próximas edições da Revista do Senepol, AgroRevenda, Noticiário DSM – Tortuga, sites Publique e Agrorevenda, redes sociais do Fala Carlão, Canal Rural e do Grupo Publique no Instagram e Facebook. É o Brasil que dá orgulho de ver!

Produtores e pesquisadores especializados na terminação do gado brasileiro estão participando do segundo ciclo do Simpósio DSM de Confinamento nesta sexta-feira, no Terra Parque Eco Resort, em Presidente Prudente (SP), oeste paulista. São palestras e debates sobre novas tecnologias, perspectivas e práticas no manejo do confinamento e do semiconfinamento. Tudo em prol da melhor produtividade e eficiência do rebanho.

O evento foi aberto na noite desta quinta-feira pelo Vice-Presidente Ruminantes Brasil da DSM, Ariel Maffi, e o Diretor Comercial Túlio Ramalho. E vai ter mais ao longo do ciclo. O Gerente Distrital Sérgio Eduardo Querino, o Gerente de Categoria Confinamento Marcos Baruselli, o Coordenador Sudeste de Confinamento Alex Ortelan, além das palestras de Rodrigo Albuquerque, do Notícias do Front, e Paulo Marcelo Amorim Dias, da GA Consultoria.

Nesta semana, Avaré (SP) está sendo o destino de milhares de pessoas de todo o país, atraídos pelas competições entre os cavalos da raça Quarto de Milha. Desde o dia 23, a cidade sedia o 28º Congresso Brasileiro Conformação e Trabalho da ABQM – Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha –, com a participação de 5 mil conjuntos, em 19 modalidades esportivas. As disputas pelos prêmios ultrapassam R$ 1 milhão e as provas estão sendo realizadas nas três arenas do Parque de Exposições Dr. Fernando Cruz Pimentel (EMAPA).

Cerca de 2 mil animais e 1,2 mil competidores, de vários estados brasileiros, estão presentes. “Distribuiremos mais de mil troféus e 250 fivelas aos campeões”, destacou o presidente da associação, Edilson de Siqueira Varejão Júnior. O evento vai até o dia 29.

Nos últimos cinco anos, 29 mil animais da raça foram comercializados em todo o país, por preços médios acima de R$ 25 mil, o que demonstra uma boa liquidez nos negócios com Quarto de Milha. No mesmo período, o Stud Book da ABQM registrou mais de 130 mil potros. Atualmente, o plantel do Quarto de Milha no Brasil é composto por 544 mil animais registrados, representados por 107 mil proprietários.

Bom Leite Coca Fever Amanda, filha do touro Semex Fever, deu o que falar no último fim de semana. A incrível vaca 3 anos sênior levou o título de Grande Campeã do Torneio da 19ª Exposição de Animais de São Bento do Una, em Pernambuco. Além da beleza do animal, que chamou atenção dos que passaram pelo evento, a vaca surpreendeu a todos com um pico de produção de 81,630 kg de leite e média de 77,675 kg em duas ordenhas. A vaca pertence  à Agropecuária Bom Leite, do criador Stênio Galvão.

A fazenda que hoje conta com um rebanho de 50 lactantes, em um sistema de Free Stall, enxerga nos touros Semex a qualidade e resultados que a propriedade busca. “Nós estamos ganhando muito em saúde dos animais e, para mim, a Semex é a melhor opção. É muita produção com muita saúde”, reforçou Stênio.

Muito ligado às provas e vídeos dos touros da Central, Stênio acompanha e está sempre investindo no que há de melhor para seu rebanho. “Hoje, dos touros Semex, estamos usando Meridian, Windbrook, Fever, Doorman e Reginald. E os planos da propriedade não param por aí. Em um curto prazo de tempo, a Agropecuária Bom Leite planeja contar com 100 vacas no free stall”, completou Stênio Galvão.

A área da pecuária, que é sempre um dos destaques da Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow), neste ano vai apresentar uma exposição inédita de gado Senepol, criado nas fazendas do Senepol da Barra, situadas em Rifaina, no interior de São Paulo, e em municípios de Minas Gerais.

Serão 21 animais em exposição, entre touros, doadoras e cruzamento Senopol e Nelore. O Senepol é uma raça que tem como vantagens o abate precoce, a maior quantidade de vacas por touro, rendimento e acabamento de carcaça elevados a pasto, maior premiação por carcaça, alto desempenho reprodutivo e libido e rentabilidade. Além disso, a raça também possui baixos índices de infestação de ecto e endoparasitas, não necessita de manejo especial em sua criação, desmama com maior peso e reduz os percentuais de acidentes com mão de obra e infraestrutura.

Segundo Rafael Ribeiro Trajano Telles, gestor da Senepol da Barra, essa iniciativa é importante porque esse tipo de gado tem se destacado no campo, por meio do mercado crescente e do aumento da comercialização dos animais. “A Agrishow 2018 é a maior feira de tecnologia agrícola da América Latina, recebendo um público especializado na agropecuária do Brasil e do exterior, que poderá conhecer os benefícios dessa raça, a única adaptada ao clima brasileiro”, diz. “É a primeira vez que há na feira uma exposição desse tipo de gado. Assim, essa iniciativa pioneira nos traz excelentes expectativas em termos de visibilidade, conhecimento, relacionamento e negócios”, acrescentou.

O Agrishow vai ser realizado de 30 de abril a 4 de maio, em Ribeirão Preto (SP), e deve receber pelo menos 150 mil visitantes