A equipe do Grupo Publique segue na estrada em reuniões e visitas a parceiros, amigos, colaboradores e novos investidores. Em São Paulo, o Publisher da empresa, Carlão da Publique, e o Diretor Comercial Rodrigo Junqueira Castejón estiveram com Alessandro Roppa, Gerente de Marketing da Trouw Nutrition. O tema do papo foi apresentar os veículos do Grupo Publique; Revista AgroRevenda e Revista Senepol. Na Agrotools, o encontro foi com o fundador Sérgio Rocha, para tratar de produtos e serviços do Grupo Publique. E tem mais esta semana: conversa na ASBIA, posse do presidente reeleito da ABMR&A e entrevista na AgRoss, em Campinas.

 

A Associação Brasileira dos Criadores de Bovino Senepol (ABCB Senepol) está promovendo o Prêmio Pesquisa & Inovação e Jornalismo, para reconhecer e incentivar o trabalho de cientistas e jornalistas que têm contribuído, em suas áreas de atuação, para a divulgação da raça Senepol no Brasil. Os regulamentos das duas modalidades do Prêmio ABCB Senepol assim como todas as informações sobre cadastros dos interessados, inscrição e o envio dos trabalhos, podem ser conferidos no site http://www.premiosenepol.com.br/.

O Prêmio ABCB Senepol de Pesquisa & Inovação tem por objetivo impulsionar a pesquisa sobre o Senepol no Brasil e estimular que pesquisadores se interessem pela busca de inovação na bovinocultura utilizando a raça como possível solução para os desafios da produção nacional. As áreas de pesquisa selecionadas para concorrer ao Prêmio são Genética e Melhoramento, Sanidade, Nutrição, Fisiologia, Produção, Bem-estar Animal, Qualidade de Carne, Economia & Mercado. Nesta primeira edição poderão ser inscritos trabalhos publicados a partir do ano de 2015. Não serão aceitas revisões ou monografias. A pré-inscrição dos pesquisadores, já com o escopo da pesquisa, deve ser feita até o dia 10 de abril de 2018 e a versão final do trabalho deverá ser enviada até o dia 10 de julho de 2018. A premiação é de R$ 10.000,00 para o primeiro colocado, R$ 7.000,00 para o segundo colocado e R$ 5.000,00 para o terceiro.

O Prêmio ABCB Senepol de Jornalismo tem por objetivo incentivar, destacar e reconhecer o trabalho jornalístico voltado para os assuntos relacionados à bovinocultura da raça Senepol. Esta primeira edição do Prêmio terá um tema específico: “Contribuição da raça Senepol para a inovação e o desenvolvimento da bovinocultura no Brasil”. Podem participar jornalistas profissionais que publicarem matérias sobre o tema no período de 7 de setembro de 2017 à 7 de julho de 2018. São quatro as categorias do Prêmio: Televisão, Jornal, Revista e Internet. A premiação para o vencedor, em cada modalidade, será de
R$ 5.000,00.

A Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol foi fundada em 2012 e nos últimos cinco anos o número de criadores registrados na ABCB Senepol passou de 95 para 600. Com sede em Uberlândia, a ABCB Senepol tem trabalhado fortemente no PMGS, Programa de Melhoramento Genético do Senepol, e empunhado o lema “do pasto ao prato”, apostando no crescimento da raça e multiplicação do cruzamento industrial para o fortalecimento da bovinocultura brasileira.

 

 

 

O Sindicato Nacional dos Leiloeiros Rurais (SNLR) promove de 6 a 8 de fevereiro, no Ramada Hotel Viracopos, em Campinas (SP), mais uma edição do Encontro Nacional dos Leiloeiros Rurais. O evento reúne os principais profissionais do setor de remate de animais, bens, implementos e propriedades agrícolas, vindos de todas as regiões do país. A abertura vai ser na tarde de 6 de fevereiro, com o início das assembleias e discussões que tratam dos assuntos referentes à classe, como a importância da contratação de leiloeiros sindicalizados, prática ilegal da profissão, leilões on line; acordos com as Federações Estaduais da Agricultura, contribuição sindical, entre outros. Neste período, também vão ser realizadas a eleição e posse da nova diretoria. Um jantar oferecido pela Tortuga |  DSM vai encerrar o início das atividades.

No segundo dia, a partir das oito horas da manhã, os leiloeiros vão se debruçar sobre melhoramento genético, genômica bovina e os rumos da Economia e do Agronegócio brasileiros, em três palestras. Na primeira, José Bento Sterman Ferraz, um dos maiores especialistas do país em avaliação genética de gado de corte do Brasil, vai falar sobre os avanços alcançados por programas de melhoramento desenvolvidos em fazendas e institutos de pesquisa no sentido de aumentar a eficiência e produtividade do rebanho brasileiro. José Bento é professor titular de Genética e Melhoramento Animal da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da Universidade de São Paulo (FZEA – USP). Tem experiência na área de Genética e Melhoramento Animal, com ênfase em Genética Quantitativa, atuando principalmente com avaliação genética, estimação de parâmetros genéticos em bovinos de corte e ovinos, qualidade de carne e incorporação de informações de marcadores moleculares em programas de seleção.

Depois, será a vez da palestra de Tamires Miranda Neto, Médico Veterinário e Diretor de Pecuária da CFM, a maior produtora de touros do Brasil. Em 33 anos no mercado, a CFM comercializou cerca de 40 mil touros. A Agropecuária mantém sede em São José do Rio Preto (SP) e oito fazendas localizadas em São Paulo, Mato Grosso do Sul e na Bahia. Tamires Neto vai falar sobre o programa de seleção realizado com CEIP para touros da espécie Nelore, raça que representa cerca de 90% do rebanho brasileiro. O trabalho começou em 1980 e tem o objetivo de produzir uma população de touros cada vez melhor com base na genética, aumentando a qualidade da carne e da produção do País.

A partir das duas da tarde, Francine Campagnari Guilhem, Doutora em Genômica Bovina e Gerente Comercial da NeoGen, líder mundial do segmento, fala sobre sua vasta experiência no desenvolvimento e interpretação de técnicas de análise genômica. Francine é graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1998), em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Paulista (2004), possui mestrado em Genética e Melhoramento Animal pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002), além de Doutorado em Genética Humana pela Universidade de São Paulo. O dia de palestras termina com a apresentação de Alexandre Mendonça de Barros, Sócio-Consultor da MB Agro. Engenheiro Agrônomo e Doutor em Economia Aplicada, Alexandre Mendonça de Barros já deu aulas na Escola de Agronomia da Universidade de São Paulo (ESALQ/USP) e Fundação Getúlio Vargas. Integrou o conselho de diversos grupos empresariais e atualmente é membro do Conselho Superior do Agronegócio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP). Alexandre Mendonça de Barros vai falar das perspectivas de mercado para os próximos anos na produção, comercialização e no consumo de grãos e carnes, tanto no Brasil como nos principais países produtores.

O Encontro Nacional dos Leiloeiros Rurais termina logo depois, com um jantar de confraternização.

 

 

 

 

 

 

PRODEFESA. Luis Rangel, secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, anunciou na segunda-feira (29), em reunião com representantes do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) investimentos de US$ 200 milhões no Prodefesa (Programa de Modernização e Fortalecimento da Defesa Agropecuária).

MILHO.  A oferta de milho no mercado paulista está restrita, visto que o volume colhido ainda é pequeno – em alguns casos, o cereal ainda apresenta alta teor de umidade. Compradores desse estado consultados pelo Cepea continuam optando por negociar pequenos lotes, enquanto vendedores capitalizados seguem concentrados na colheita. Entre 19 e 26 de janeiro, o Indicador do milho ESALQ/BM&FBovespa, Campinas (SP), subiu 0,74%, indo a R$ 32,57/saca de 60 kg na sexta-feira, 26.

MELANCIA. Ainda com baixa oferta, a melancia da região de Teixeira de Freitas (BA) se valorizou entre 22 e 26 de janeiro. Com a maior parte dos produtores aguardando o início de novas roças em fevereiro, a semana foi de colheita em apenas algumas lavouras. Para fevereiro, a expectativa é de disponibilidade considerável na região, com envios para os principais centros de comercialização. Além disso, o clima benéfico nos últimos meses promete boa produtividade para a segunda parte da temporada, que deve ser iniciada em fevereiro.

MOVIMENTADOS. Dados da Secretaria de Agricultura e Abastecimento mostram que em 2017 foram emitidas no Estado de São Paulo 842.948 guias de trânsito animal (GTA). Deste total 58.366 GTAs tiveram outros Estados como destino e 784.582 a movimentação dentro do Estado. O total de animais movimentados foi de 4,2 bilhões de animais, sendo que 764 milhões foram para outros Estados e 3,5 bilhões dentro do Estado. Com relação à espécie, foram movimentados: 4,1 bilhões de aves e ovos férteis; 70,8 milhões de animais aquáticos; 8,7 milhões de bovídeos; 2,5 milhões de suídeos; 249 mil equídeos; e 740 mil animais de outras espécies.

PROTESTO. O campo uruguaio protestou durante a semana passada contra a administração do presidente Tabaré Vázquez em uma grande mobilização com tratores e bandeiras uruguaias no município de Durazno, onde se costumam realizar feiras agrícolas. O protesto reuniu não somente produtores, mas também técnicos, consultores, contratistas de maquinário, transportadores, industriais e outros envolvidos na cadeia agropecuária. O Frente Amplio, coalizão governista de esquerda no Uruguai, governo o país há 13 anos.

UVA SEM SEMENTE. Os preços médios das uvas brancas sem sementes vêm se mantendo acima de R$ 7,00/kg desde a primeira semana do ano no Vale do São Francisco (PE/BA). De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, mesmo com a demanda mais reduzida neste mês, os preços têm permanecido em bons patamares por conta do menor volume disponível das variedades. Outro fator que tem contribuído para a manutenção das cotações é a boa da qualidade da fruta, já que não foi registrado elevado volume de chuvas em janeiro.

FERTILIZANTE COMPLETO. Pesquisa realizada em laboratório da Embrapa desenvolveu tecnologia pioneira no país de fertilizante completo. Trata-se de película formada por micronutrientes, em grande concentração que recobre de forma homogênea grânulos dos macronutrientes nitrogênio, fósforo e potássio, conhecidos pela sigla NPK. Com isso, o agricultor terá um produto completo para aplicar na lavoura com nutrientes balanceados e potencial de aumentar a produtividade e reduzir aplicações de fertilizantes.

(Texto(s): Mapa, Cepea/Esalq, Secretaria da Agricultura S.Paulo, Agrolink, HFBrasil)

Email: mauricio.picazo.galhardo@hotmail.com

A equipe do Grupo Publique iniciou a semana a mil, preparando as novas revistas editadas pela empresa, planejando a semana de trabalho, visitando amigos e parceiros em São Paulo , além de preparar os novos lançamentos da empresa dentro do Agronegócio brasileiro. Vamos em frente!

 

O escritório do Grupo Publique, na zona rural de Porangaba, interior de São Paulo, está tinindo de novo para os trabalhos da equipe em 2018. A casa foi toda pintada em tons de ocre e verde, ganhou infraestrutura nova de abastecimento de água e ainda recebeu novos equipamentos para dar maior agilidade e velocidade aos trabalhos digitais realizados diariamente pela equipe. E o lema nunca foi mais apropriado: “Pé na tábua que 2018 mal começou”!

 

Foi ao ar neste último fim de semana, no Canal Rural, com muito sucesso, o segundo episódio inédito do documentário “Senepol – Do Pasto ao Prato”, produção conjunta da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB Senepol), do Canal Rural e Grupo Publique. São quatro episódios de 22 minutos cada, destacando as principais qualidades da raça Senepol, que vem atraindo pecuaristas de vários estados brasileiros e conquistando espaço nas fazendas do Brasil pela rusticidade, precocidade, pelo ganho de peso, manejo, além da eficiência, produtividade e qualidade da carne. Cada peça mostra detalhes do gado, da rotina de sanidade, nutrição e manejo dentro das fazendas, do trabalho dos laboratórios de Fertilização in Vitro (FIV), do Programa de Melhoramento da raça, da tecnologia genômica utilizada e da fatia cada vez maior que a proteína vem alcançando junto aos consumidores brasileiros nos açougues e supermercados.

A nova temporada completa do documentário estreou no dia 20 deste mês. Cada episódio vai ao ar de forma inédita aos sábados, a partir das oito e meia da noite, com reprise no dia seguinte, domingo, às oito da noite. Outro destaque desta série é o conjunto de dados levantados pela Scot Consultoria junto a pecuaristas que trabalham com o gado Senepol na produção de carne sobre peso ao abate e à desmama, comparação com resultados de outras raças e  satisfação dos produtores. A assinatura de Humberto Bassaneli na obra traz suas criações de qualidade de captação de imagens, belíssima fotografia, sonorização e roteiro

E não perca o terceiro episódio, que vai ser exibido no sábado que vem, dia 3 de fevereiro, às oito e meia da noite, com reprise no domingo, dia 4, às 20 horas.

 

A morfologia e a funcionalidade do cavalo crioulo selecionado pela Genética Aditiva, Cabanha Calidad e Cabanha Furna vão ser ofertadas em um grande leilão que está sendo preparado para abril de 2018.

É o 5º Leilão União da Raça Crioula do MS, que vai ser realizado no dia 13 abril, às 20 horas, no Tatersal de Elite da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande (MS).

Vão ser ofertados 45 animais com a chancela da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Crioulo (ABCCC) e com o diferencial de que todos os animais são adaptados à região do cerrado brasileiro, o que mostra toda rusticidade e força da raça crioula para os trabalhos a campo.

Organizado pela Programa Leilões, transmissão Remate Web, os lotes serão parcelados em até 50 vezes. Informações através do telefone (67) 3321. 5166.

 

O Nelore ADIR abre a Agenda de Leilões da raça Nelore no ano de 2018 com a oferta especial de Sêmen, Prenhezes e Bezerras criteriosamente apartadas para atender os plantéis mais exigentes do país. Serão ofertadas duas bezerras da cabeceira do plantel, sendo uma filha do JIANDUT FIV DA 2L (Faulad da SC x Hogum POI da Zeb VR) na NEILA DA 2L (Inriti da Terley x Fiel da Zeb) com apenas 03 (três) meses de nascida e uma filha do RUPAK FIV DA 2L (Faulad da SC x Haloscópio Poty VR) na NATUREZA FIV DA 2L (Karvadi Imp x Tralha da Pontal VR).

Entre as prenhezes ofertadas, Adir e Paulo Leonel apartaram 03 (três) excelentes matrizes de seu plantel para essa etapa do leilão.

NICARÁGUA DA 2L, filha do Vermut da Fort VR em vaca Xenugu 8616 do RC, ofertará prenhez com OPUS FIV BRUMADO

NEBLINA FIV DA 2L, filha direta do Karvadi Imp na Tralha da Pontal VR, ofertará prenhez com NAMAN FIV DA 2L. A prenhez ofertada é irmã-própria do TULE DA 2L, um garrote excepcional do Nelore ADIR

NATUREZA FIV DA 2L, filha direta do Karvadi Imp na Tralha da Pontal VR, ofertará prenhez com VISUAL DA ZEB VR, um dos maiores raçadores da história do Nelore.

O leilão aconteceu dia 05 de fevereiro de 2018, a partir das 21 horas com transmissão pelo Canal Rural. A leiloeira é a Central Leilões.

Fonte: Acervo Nelore

 

A Biogénesis Bagó, uma das empresas de saúde animal líderes no mercado latinoamericano, lançou durante a sua Convenção Nacional de Vendas, realizada no Paraná, o mais inovador programa voltado ao varejo veterinário do Brasil. Com uma frota de 20 veículos totalmente customizada e equipe de consultores especializados, o programa vai percorrer o Brasil de ponta a ponta levando informações e conhecimento aprimorado aos milhares de revendedores e balconistas do segmento, envolvendo também médicos veterinários, zootecnistas e pecuaristas. O programa envolveu investimentos de mais de R$ 4 milhões em veículos, equipamentos, customização, contratação de equipe e capacitação dos profissionais, e faz parte de um montante de R$ 30 milhões anunciados pela empresa recentemente para estar entre as 10 maiores em saúde animal no Brasil até 2020.

“É o primeiro projeto voltado para a melhoria de performance do varejo veterinário brasileiro, que ganha em informação e estratégia, ao mesmo tempo em que o pecuarista tem no revendedor e no balconista alguém que compreende suas necessidades com um maior entendimento sobre as soluções da Biogénesis Bagó”, destaca o Diretor Geral da Biogénesis Bagó no Brasil, Marcelo Bulman. Outra inovação do Programa Na Estrada é a contratação de uma equipe de promotores de venda formada majoritariamente por mulheres veterinárias e zootecnistas. “Mais de 30% da nossa equipe de campo é composta por mulheres e estamos muito confiantes na capacidade das nossas profissionais em contribuir com a busca de novas fronteiras produtivas em todos os elos do segmento de saúde animal”, ressalta Bulman.

“Em um mercado altamente competitivo, a experiência do consumidor no ponto de venda é fundamental para a decisão de compra. Por isso, o Programa Na Estrada oferecerá isso ao pecuarista e capacitação altamente qualificada para quem trabalha no varejo. Queremos aproveitar essa lacuna que existe para nos diferenciar no mercado, trazer reconhecimento de marca e fidelização de clientes, além de nos proporcionar conhecer a fundo e compreender os diversos perfis e demandas por insumos de varejo veterinário brasileiro”, completa o Gerente de Marketing da Biogénesis Bagó Brasil, Carlos Godoy. Para fortalecer ainda mais sua atuação no varejo agropecuário, a Biogénesis Bagó anunciou para 2018 novidades no Prova Canal, programa de incentivo e relacionamento com os profissionais que atuam em distribuidores, revendas e cooperativas. Além de bonificações, o Prova Canal oferecerá assessoria de merchansiding dos produtos Biogénesis Bagó nas lojas, ferramentas de gestão online do estoque e de validade dos produtos, além dos mais diversos treinamentos focados em técnicas de atendimento aos clientes, merchandising e produtos.

Ampliação da equipe de vendas – A Biogénesis Bagó inicia 2018 duplicando sua equipe de campo, com mais de 85 integrantes focados no atendimento a revendas e a pecuaristas em todo o Brasil, liderados por um time de seis gerentes regionais com mais de 20 anos de experiência no mercado veterinário. “Com esses investimentos na contratação de novos profissionais, capacitação e em ferramentas colocamos em prática o planejamento estratégico da companhia de crescimento nos próximos anos e ampliação da nossa participação no mercado de saúde animal de ruminantes. Estamos em um novo momento da empresa, uma verdadeira virada de página ”, salienta Marcelo Bulman. “O Brasil é a nossa maior aposta de crescimento”, garante o Diretor Geral Global da Biogénesis Bagó, Guillermo Mattioli, que veio da Argentina para a Convenção. O outro destaque global da companhia é a fábrica de vacinas contra febre aftosa construída na China, com capacidade de produção de 400 milhões de doses por ano.

Sobre a Biogénesis Bagó – A Biogénesis Bagó é uma empresa líder nos principais mercados da América Latina, com projeção global, e comprometida com o desenvolvimento de soluções para a saúde e sustentabilidade da produção pecuária por meio da biotecnologia. A empresa desenvolve e comercializa produtos e serviços veterinários criados para garantir a saúde e melhorar a produtividade dos rebanhos bovinos de carne e leite. Conta com um portfólio de mais de 70 produtos e 650 registros em distintos países da America Latina, China e Ásia. Com escritórios na Bolívia, Brasil, América Central, México e Uruguai, sua sede está localizada na Argentina, com fábricas em Monte Grande e Garin (província de Buenos Aires). No Brasil, conta com uma planta fabril na cidade de Araçoiaba da Serra (SP). A empresa é a maior provedora de vacinas antiaftosa do continente, tanto que três em cada 10 vacinas antiaftosa aplicadas na América são produzidas pela Biogénesis Bagó. A capacidade anual de produção da empresa é de 200 milhões de doses de vacinas contra febre aftosa, 30 milhões de doses de vacina antirrábica e 100 milhões de doses de vacinas combinadas. Em 2014 e 2016 foi nomeada pela revista inglesa Animal Pharm como a melhor empresa de saúde animal da América Latina.