Top Farmers 2019 – O Agro do futuro

Distribuidores e produtores vão conviver com sementes cada vez melhores e estresse crescente.

Mais de quatrocentos grandes produtores de soja, milho e algodão do Brasil reunidos durante dois dias, em Campinas (SP). Recebendo novos conhecimentos, fazendo reciclagem e conhecendo tecnologias inovadoras. Informações que possam ser aplicadas no dia a dia do negócio, por meio de palestras, apresentação de casos e painéis com representantes de entidades do setor. E a constatação foi certeira. O Brasil vai produzir mais, usar novas soluções concebidas pela indústria e distribuídas pelas revendas, jogar ao solo variedades de sementes cada vez mais consistentes. Porém, os desafios e o estresse sobre as plantações serão crescentes.

Esse foi o tom do Encontro Nacional Top Farmers 2019, que está sendo realizado nesta terça e quarta-feira, no Royal Palm Plaza Resort. O evento reúne agricultores, executivos de empresas, especialistas e pesquisadores do país inteiro. Nomes como o diretor presidente da SLC Agrícola S.A, Aurélio Pavinato; a diretora da MPrado, Luciana Martins; o presidente da AGCO América Latina, Luís Felli; o diretor de Negócios Brasil/UPL, Cristiano Figueiredo; o diretor de Inteligência de Mercado/INTL FCStone, Renato Rasmussen; o economista apresentador e colunista da Revista ISTO É, Ricardo Amorim, entre outros. “É uma oportunidade para que os produtores possam se atualizar, ter acesso a conhecimento e às novas tecnologias, começando 2020 bem informados”, comentou Danilo Bomfim, diretor do Grupo Conecta, realizador do evento, que ainda conta na direção com os executivos Henrique Santos e Luciana Martins.

À tarde foi marcada pelos debates sobre tecnologia, sustentabilidade, mercado global de commodities, a conexão do agro entre Brasil e Índia, além dos desafios da agricultura australiana.

O dia terminou com a palestra do professor sênior de agronegócio global do Insper, Marcos Jank, sobre as oportunidades para o Brasil dentro O segundo dia do Top Farmers vai mostrar nove palestras de profissionais, pesquisadores e executivos sobre tecnologias digitais, controle de custos de produção, as novas fronteiras agrícolas e os desafios da Cotonicultura no Brasil. Na última palestra, o economista e apresentador de televisão Ricardo Amorim vai examinar ‘As guerras comerciais, reformas, confusões políticas, transformação digital e o futuro do Agro brasileiro’.