Leite em pó: Brasil não faz parte da lista de países com problemas

Estadão Conteúdo – A companhia francesa Lactalis informou ao Broadcast Agro, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, que o Brasil não faz parte da lista de 83 países com problemas no leite em pó infantil produzido pela fábrica de Craon, no noroeste da França. A Lactalis é proprietária das marcas Parmalat, Batavo, Elegê e Poços de Caldas.

Em dezembro, a companhia descobriu a bactéria salmonela em lotes do leite produzido em Craon. Até agora, 35 bebês foram contaminados na França, dois na Espanha e há um caso suspeito na Grécia. Em reação, o presidente da Lactalis, Emmanuel Besnier, ordenou o recolhimento de 12 milhões de caixas de produtos em 83 países. A lista completa não havia sido divulgada, mas a assessoria de imprensa da Lactalis na França confirmou que o Brasil não faz parte do grupo de países em risco.

Na noite deste domingo, o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Luiz Eduardo Rangel, informou ao Broadcast Agro que a pasta não havia recebido nenhuma notificação oficial a respeito de eventuais problemas com os produtos da Lactalis. “Não temos nenhum óbice sobre nossos produtos em questões sanitárias”, afirmou.