Novo texto de Jogi Oshiai, articulista da Plataforma AgroRevenda, sócio da eLO Consultoria, sobre a Pandemia do Coronavírus, direto de Bruxelas.

O Covid-19 continua ganhando terreno no mundo apesar dos incomensurávies esforços da comunidade internacional no seu combate. Mais de 34.000 pessoas morreram enquanto que mais de 732.000 infecções foram confirmadas em pelo menos 177 países e territórios. Felizmente, mais de 154.000 pessoas sararam do coronavírus. E, aqui na Bélgica, país de 11,3 milhões de habitantes, temos 11,9 mil  casos e 513  mortes. Portanto, apesar de um número ainda baixo de contaminação, o Palácio – aqui tem Rei – e os nove partidos políticos adotaram uma “trégua” (bom senso, um dever cívico.) por tempo indeterminado para lutar contra o inimigo comum: coronavírus. Quase todos os habitantes deste pequeno país, de cerca 30,6 mil km2, têm conhecimento de que não existe uma “unidade nacional” (flamengos de um lado e francófonos de outro) mas, em função da excelente atuação das autoridades competentes, inclusive da classe política, tem um número de infetados relativamente baixo, apesar de vizinha da França e da Alemanha, onde se registram altas taxas de contaminação.

Aqui neste país de Jacques Brel, de cerveja, marisco, batata frita e pralines (chocolates deliciosos), desde o início, a Bélgica não tentou identificar onde iniciou a cadeia de infeção no país, preferindo fazer testes apenas aos pacientes que já tinham sintomas do Covid-19. As autoridades belgas tentam manter uma curva baixa de novas contaminações por meio de isolamento social da população, desde o dia 18 de março último, com o objetivo de evitar eventualmente o colapso na capacidade hospitalar como aconteceu na Itália e está acontecendo também em outras partes do mundo.

Vale salientar que a Bélgica tem um sistema de saúde de excelente qualidade por todo o seu território, que garante uma boa margem de manobra para lidar com esta crise, mas, mesmo assim, em função da experiência traumática, especialmente da Itália, o governo belga estabeleceu que as intervenções médicas não urgentes deviam ser canceladas e que era fundamental aumentar a aquisição de mais ventiladores e máscaras para o corpo médico.

A Primeiro Ministro belga do atual governo de gestão – lembro que a Bélgica está sem governo desde dezembro de 2018 – com o apoio das três Regiões (Flandres, Valônia e Bruxelas-Capital) e das três Comunidades (flamenga, francófona e germanófona), tem conduzido esta crise com medidas severas, rigorosas e quase que drásticas. A crise política está radicalmente em segundo plano, para não dizer que ela desapareceu das manchetes da grande mídia. Diante da pandemia, há esperança de um novo início na política deste pequeno país que deveria servir de modelo para “políticos” brasileiros que tentam aproveitar da atual crise sanitária para armar um golpe contra o interesse do nosso Brasil !

Antes de concluir, recordo que o  Brasil não é nem de perto os Estados Unidos e assim, embora existam muitas opiniões divididas a respeito do isolamento, que é uma solução lógica para o achatamento da curva de contaminação, eu ressalto que que o isolamento social tem de ser uma solução de curtíssimo prazo no Brasil, levando em consideração o consequente empobrecimento da classe mais desfavorecida, além da sequela que vai deixar no nosso sistema de saúde, que depende diretamente de investimentos públicos. Portanto, embora o isolamento social seja necessário, no Brasil, infelizmente, temos que adotar o isolamento vertical ainda que seja estadual, regional ou municipal. O isolamento horizontal nos levaria a um colapso total ! O Brasil não pode e não deve parar!”.

 

O mercado de genética e gado de produção não sente os reflexos da crise do coronavirus. Lourenço Campo, Diretor da Central Leilões tem mais detalhes desse cenário e sobre a estreia do Sindi Don na categoria virtual. E traz informações ao Fala Carlão, no comando da jornalista Márcia Benevenuto.

O programa Fala Carlão, na batuta da jornalista Marcia Benevenuto, trata dos efeitos das barreiras sanitárias para os produtores do Brasil, direto da Fazenda Cibrapa, em Barra do Garças (MT). O gerente Marcos Junqueira fala sobre o dia a dia da safra de soja, o manejo do gado e as rotinas da cidade.

O programa Fala Carlão, no comando da jornalista Marcia Benevenuto, conversou com Luis Otávio Pereira Lima, gerente de pecuária da Carpa e do Sindi Don, sobre a estreia do Sindi Don no virtual do Canal do Boi. É o mundo dos leilões de genética ativo. Acompanhe. Nesta terça-feira, dia 31 de março, a partir das oito e meia da noite.

O momento de criador hoje é da Fazenda Caridade. Que traz Lote Peso Pesado. Bezerrada aos dez meses, meio-sangue Senepol, com peso médio de 300 kg, criada no pasto e com creep. #MomentoCriador com Enodis Faria Borges, da Fazenda Caridade, em Araporã (MG). http://senepol.org.br

O recado é do Serviço Brasileiro de Certificações (SBC), especialista em certificação GLOBALG.A.P. IFA F&V, para todos os produtores de frutas do Brasil. Conheça o trabalho do SBC e saiba os benefícios para o seu bolso: www.sbcert.com.br

Tudo certificado, produto valorizado, lucro certo. Produtor, certificar para agregar. Valor, benefícios, novos mercados, qualidade, confiança, segurança, lucro. Serviço Brasileiro de Certificações. #Certificadora #ServiçodeCertificação #GlobalGAP #FrutasdoBrasil #Fruticultura #Exportacao #Limão

https://www.instagram.com/p/B-QBdklhoVB/?igshid=1sjz39lpscv1a

O Agro não para e a Tortuga não para! Nós continuamos com o compromisso de levar proteína animal para o campo e contribuir com o alimento do Brasil e do mundo.
A nossa missão hoje é: não parar, seguir todas as regras de segurança, dar o nosso melhor para atender nossos clientes, levar esperança para todos. É trabalhar por você, por nós, pelo Brasil! Estamos juntos nessa!
#tortuganaopara

https://www.facebook.com/tortuga.dsm/videos/648285262654900/

Mensagem da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne Bovina(ABIEC):

“Nesses tempos difíceis, nós, do setor produtivo da carne bovina, estamos trabalhando para garantir que não falte alimento seguro e de qualidade na sua mesa Isso vai passar. Estamos juntos”.

O programa Fala Carlão conversou com Marcelo Prado, o competente e requisitado consultor, e comandante da MPrado Consultoria Empresarial. Ele faz uma análise sobre a crise provocada pela pandemia do coronavírus e diz como sairemos dela no futuro. Uma conversa profissional, superinteressante para todas as revendas e os distribuidores de insumos agropecuários, e, ao mesmo tempo, super humana.

A Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA) informa o adiamento do AgroMarketing Meetings “Agroinfluenciadores” para o dia 3 de setembro de 2020, tendo em vista o aprofundamento das consequências do Covid-19 e o necessário isolamento das pessoas determinado pelas autoridades de saúde e governos estaduais.

O evento terá transmissão integral on-line, em circuito fechado, diretamente do espaço de coinovação do Bradesco, Inovabra Habitat, das 9h às 12h, sem a presença de público. Os ingressos (R$ 50,00) já estão disponíveis para venda: https://www.sympla.com.br/agromarketing-meetings-abmra-online__776835

Os participantes inscritos receberão link exclusivo individuais para assistir o AgroMarketing Meeting de qualquer dispositivo, sem necessidade de baixar plugins. A transmissão será por link de internet dedicada, de alta qualidade, possibilitando interatividade privilegiada com os palestrantes.

Programação: AgroMarketing Meetings ABMRA (Dia 03 de setembro, 9h às 12h)

Tema Central: “Os Agroinfluencers. Quem são, como atuam e como podem ser utilizados para influenciar positivamente sua estratégia de marketing”

Tema: “O ecossistema de influenciadores digitais no Brasil”

Palestrante: Raphael Pinho, Founder and General Manager da Spark/Fluvip

Tema: “Como transformar produtores em embaixadores da marca” – INNOVA/MOSAIC

Apresentação do case da Mosaic Fertilizantes “Nossas Raízes”, premiado na última Mostra de Comunicação Agro ABMRA

Para produzir esta série on-line, a Mosaic percorreu os principais pólos agrícolas do Brasil, com o intuito de valorizar as raízes do produtor rural, divulgando as histórias por trás da colheita e a força e o orgulho de quem nasceu, cresceu e é apaixonado pela agricultura. Foram mais de 3 milhões de visualizações no YouTube, 3,7 milhões no Facebook, 7 mil novos seguidores no Instagram e aproximação da marca com a nova geração de produtores rurais

Palestrante: Luciano Teixeira, Head de Criação da Innova – All Around the Brand

Tema: “O novo cenário dos agroinfluencers”

Especialistas de marketing do agro debaterão o novo cenário dos agroinfluencers. Presença do prof. José Luiz Tejon (ESPM e Jovem Pan), Carlos Alberto da Silva (Fala, Carlão), Raphael Pinho (Spark) e influenciadores digitais. Moderação: Donário Lopes de Almeida, CEO da Neodigital.