O maior evento de extensão da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba), o Porteira Adentro, completa duas décadas de existência em 2016. Com o slogan “Por aqui, você chega lá”, o já tradicional projeto acontece no dia 03 de junho de 2016 de 08h às 17h30, no campus da faculdade, localizado na Avenida do Tutuna, nº 720, bairro Tutunas, em Uberaba/MG. O Porteira é uma grande mostra do conhecimento acadêmico e das propostas de inovações tecnológicas para o campo, enriquecendo a formação do nosso aluno e marcando sua passagem pela Fazu, através da interação entre acadêmicos, professores, empresas e a comunidade em geral. A entrada para é franca.
No evento, os visitantes poderão se inscrever gratuitamente para o Vestibular Novembro/Dezembro de 2016, além de terem a possibilidade de ganhar um tablet. Com grande número de visitantes na edição passada, o Porteira recebe várias instituições de ensino, locais e regionais, na 20ª edição, a organização do projeto estipulou 75 acadêmicos no tour guiado. Estarão expostos cerca de 100 trabalhos de diversos temas de alunos dos cursos de Agronomia, Secretariado Executivo Bilíngue, Agronegócio, Sistemas para Internet e Sistemas de Informação da Fazu.De acordo com a coordenadora do Projeto, Juliana Paschoal, o Porteira Adentro 2016 terá o corredor científico, onde os alunos de iniciação científica apresentarão seus trabalhos. “Essa ação será comum para todos os cursos. Os temas escolhidos para este ano são bastante atuais com foco em produção sustentável. Outra novidade é que, além da avaliação padrão, os melhores trabalhos serão estrelados pelos visitantes e receberão uma premiação no final do evento”, revela Juliana.Nessa edição, o Porteira contará com cordeiros, leitões, coelhos, potros, bezerros e pintinhos na Fazendinha da Fazu, os alunos do 1º período do curso de Zootecnia estarão responsáveis pelos animais. Além da Fazendinha, os acadêmicos do 1º período do curso de Agronomia vão cuidar da Feirinha, demonstrando as culturas de café, algodão, soja e feijão, mostrando desde sua muda até a colheita, além do manejo de pragas e doenças.“O maior projeto da Fazu completa 20 anos e é por meio dele que conseguimos fazer a integração entre a academia/escola e a todos os segmentos da comunidade, além de dar oportunidade a nossos alunos apresentarem seus trabalhos a um público extremamente diversificado”, afirma o professor Carlos Henrique Cavallari Machado, diretor acadêmico da Fazu. Para mais informações acesse: www.fazu.br/porteira.

Em vez de carros, animais, principalmente gado bovino de reposição. É possível fazer esta comparação em relação a um aplicativo que será lançado em 16 de junho, em São Paulo, e que pretende unir a ponta compradora de bezerros e bois magros com a ponta vendedora. “Sem intermediários”, garante o inventor do WebGados – o novo aplicativo -, Marcos Fernando Marçal dos Santos. Ele informa, em entrevista ao Broadcast Agro, que a nova ferramenta funcionará mais ou menos nos moldes de sites de compra e venda de carros, em que a pessoa interessada em vender o automóvel tira fotos do bem, preenche os dados, paga determinada taxa e anuncia – quem quer comprar entra no site, filtra as opções disponíveis e fecha o negócio diretamente com o dono do veículo.

A ideia surgiu, conta Marçal dos Santos, que é filho do dono do frigorífico Marfrig, Marcos Molina, a partir do desconforto de lidar com os “atravessadores” de bovinos de reposição. “Eu compro e vendo bastante gado para as fazendas da família”, diz ele, que tem apenas 20 anos, e desde os 13 lida com esta atividade. “Na reposição há muitos atravessadores, que oferecem apenas os lotes que eles têm em mãos, sem muita variedade”, comenta. O aplicativo, segundo ele, possibilitará que o intermediário não interfira no negócio porque “quem tem gado e quer vender vai falar direto com quem quer comprar”, explica ele, acrescentando que a ideia, com o WebGados, é também dar um número maior de opções de negócios. “Quem quer comprar, por exemplo, define no aplicativo a região na qual pretende adquirir os lotes, a quantidade desejada, o tipo e idade do animal, etc.”, diz. “Aí vão aparecer todas as opções disponíveis na região.”

O anunciante vendedor terá a possibilidade de postar fotos e vídeos dos seus animais. A partir do momento em que o negócio é fechado, ambas as partes decidem como os animais serão entregues. Para evitar que se compre “gato por lebre”, ou seja, bovinos diferentes das imagens constantes no anúncio, Marçal dos Santos explica que cada anunciante será ranqueado e “julgado” pelos próprios compradores, a fim de excluir os que não trabalham de maneira honesta. Ele acrescenta, ainda, que, no caso da pecuária de corte, o aplicativo trabalhará apenas com animais de reposição. Poderão ser feitos, além disso, anúncios de vacas leiteiras, cavalos e animais de trabalho, como burros e mulas. “Não vamos anunciar bois gordos para abate porque esta negociação tradicionalmente já não envolve intermediários”, diz Marçal dos Santos. “O pecuarista que tem boi gordo para vender geralmente entra em contato direto com o frigorífico e fecha o negócio.”

Marçal dos Santos não define com precisão se o gado de reposição sairá mais barato por meio do aplicativo, à medida que o intermediador não participar do negócio. “É difícil definir isso; o que eu aposto mesmo é no aumento da diversidade de ofertas e opções de compra e venda”, diz ele, que garante que se trata de um aplicativo inédito no País. “No mundo, pesquisei e também não vi nada nesses moldes.”

O WebGados estará disponível para download nas lojas Apple Store e Google Play a partir do dia 5 de junho. Já no dia 16 será oficialmente lançado, em evento da Intercorte – Exposição Tecnológica da Cadeia Produtiva da Carne, no Pavilhão da Bienal, no Parque Ibirapuera, em São Paulo.

A Intercorte ocorrerá entre 16 e 17 de junho e tem por objetivo promover a integração entre a cadeia pecuária nacional, da ponta produtora ao varejo, passando por todas as suas etapas. O evento contará com lançamentos, palestras e a presença de vários pecuaristas e lideranças do setor. (Tânia Rabello, tania.rabello@estadao.com)

O Fala Carlão, edição 416, destaca o Leilão Senepol Paranoá do Guilherme Zelli O pregão irá acontecer no próximo dia 2 de junho, direto do recinto LeiloAdo, em Três Lagoas (MS), a partir das 20h, com transmissão ao vivo pelo Canal Rural. A organização será da Programa Leilões,  com assessoria da S+. Serão 35 doadoras Senepol da mais alta qualidade.

Confira mais informações do leilão no programa, ancorado pelo Carlão da Publique.

Você sabe o que é Churrascoterapia? Na edição 415 do Fala Carlão, o âncora do programa, Carlão da Publique, aborda esse assunto em conversa com João Paulo, do perfil Churrascoterapia no Instagram (@churrascoterapia) e no facebook (www.facebook.com/churrascoterapiaoficial).

O bate-papo aconteceu no dia 24 de maio, durante o lançamento da Intercorte para a imprensa em São Paulo, no restaurante BOS BBQ.

Aperta o play e confira a entrevista.

Durante o evento, no dia 24 de maio no restaurante BOS BBQ em São Paulo, para apresentar as novidades da Intercorte e da Beef Week, os entrevistados do Fala Carlão, edição 414, foram  o jovem empreendedor Marcos Fernando Marçal dos Santos, um dos fundadores do aplicativo WebGados e integrantes do Rural Jovem. A conversa comandada pelo âncora do programa, Carlão da Publique, destaca a presença e atuação dos jovens nos eventos da pecuária nacional.

WEBGADOS

O empresário Marquinhos Molina irá lançar o WEBGADOS na InterCorte. O aplicativo poderá ser baixado no celular e no tablet. É uma maneira inovadora e simples de vender e comprar gado.

InterCorte

A InterCorte – Exposição Tecnológica da Cadeia Produtiva da Carne em São Paulo sedia uma etapa do Circuito InterCorte 2016, que teve início em março, em Mato Grosso, e agora passará por São Paulo, Mato Grosso do Sul (julho), Rondônia (setembro) e Tocantins (outubro). O evento acontecerá nos dias 16 e 17 de junho, na Bienal de São Paulo e o tema “Pecuária de ponta a ponta” será abordado por meio de painéis de discussão com especialistas nos diversos elos da cadeia produtiva da carne: tecnologia, genética, fazenda, frigorífico, distribuição e consumidor.

A InterCorte é uma realização da Verum Eventos, em parceria com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC), Embrapa, GTPS – Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável, Assocon – Associação Nacional dos Confinadores, Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Governo de SP, Associação Brasileira dos Criadores de Zebu, Canal Terraviva, Grupo Publique, Villa Beef Carnes Especiais, Broadcast Agro e Scot Consultoria.

No dia 24 de maio, o âncora do Fala Carlão, Carlão da Publique, marcou presença no lançamento da InterCorte para a imprensa em São Paulo e entrevistou Fernando Sampaio da ABIEC (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes), Carolina Barreto da BeefWeek e Carlos Tozi do restaurante BOS BBQ. Em um bate-papo descontraído, eles adiantaram as novidades do evento na capital paulista.

A InterCorte – Exposição Tecnológica da Cadeia Produtiva da Carne em São Paulo sedia uma etapa do Circuito InterCorte 2016, que teve início em março, em Mato Grosso, e agora passará por São Paulo, Mato Grosso do Sul (julho), Rondônia (setembro) e Tocantins (outubro). O evento acontecerá nos dias 16 e 17 de junho, na Bienal de São Paulo e o tema “Pecuária de ponta a ponta” será abordado por meio de painéis de discussão com especialistas nos diversos elos da cadeia produtiva da carne: tecnologia, genética, fazenda, frigorífico, distribuição e consumidor.

Será a quarta participação consecutiva dos animais brasileiros na maior feira equestre do mundo, que acontece entre os dias 18 e 26 de março, em Essen, na Alemanha.

Tradicional criatório de Mangalarga Marchador, a Agro Maripá estará com seus animais novamente na Equitana. Objetivando dar continuidade ao trabalho iniciado para divulgação da raça brasileira na Europa, o titular do haras, Marcelo Baptista de Oliveira, adquiriu espaço para montar estande e levar seus dois animais que já estão na Alemanha, para apresentações no evento.

Os cavalos Patek e Fandango de Maripá foram enviados para a Alemanha em 2010 para iniciar junto a outros três animais da raça, o projeto Vitrine, lançado pela ABCCMM – Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Mangalarga Marchador. Desde então, os cavalos participaram das três edições da Equitana realizadas (2011, 2013 e 2015) até o projeto ser finalizado no ano passado.

 “Como tínhamos três animais no projeto, com o seu término vendemos um e decidimos manter dois na Alemanha para podermos fazer nossas cavalgadas pela Europa e é graças a isto que podermos estar presentes na feira o ano que vem, já que, infelizmente, as barreiras sanitárias hoje continuam fechadas por conta do problema do mormo. A perda neste momento é muito grande para a equideocultura nacional, mas acreditamos que logo mais tudo voltará ao normal e não podemos perder a oportunidade de continuar divulgando nosso maravilhoso cavalo na maior feira equestre do mundo”, explicou Marcelo.

A novidade para a Equitana, segundo o criador, é que pela primeira vez o público poderá conferir um cavaleiro brasileiro montando os animais da raça Mangalarga Marchador. “Vou levar o Sérgio Faria, que trabalha com a gente, e vamos elaborar uma apresentação diferenciada, criando um percurso com alguns obstáculos, para não ficar somente mostrando a marcha, mas também a qualidade maravilhosa da funcionalidade da nossa raça”.

Os dois cavalos brasileiros hoje estão alojados em Frankfurt e sempre que aparece uma oportunidade, Marcelo junto à esposa Sophia vão à Europa para vê-los e montá-los em cavalgadas elaboradas por belas paisagens, como a que fizeram no caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, para a comemoração dos 60 anos do criador.

As expectativas da Agro Maripá para a Equitana 2017 são as melhores possíveis    pois todos visitantes da feira se encantam com o Mangalarga Marchador. “Queremos estar presentes para continuarmos o trabalho iniciado em 2011, acreditando que muito em breve tudo estará normalizado no Brasil para que em 2019 mais animais possam ser levados a este importante evento do mundo equestre”, finalizou Marcelo.

Patrícia Opik, representante da Equitana no Brasil, considera importantíssima a participação da Agro Maripá na feira, para que mais uma vez o cavalo brasileiro esteja em evidência, ganhando cada vez mais espaço na Europa. “Só temos que parabenizar a iniciativa do Marcelo em dar continuidade à divulgação da raça, mantendo o Brasil em lugar de destaque na Equitana”.

IMG_7352

Mais sobre a Equitana

Por mais de 40 anos a Equitana tem inspirado o mundo equestre, sendo a maior e mais conhecida feira do mundo. Realizada no Centro de Exposições de Messe-Essen, o evento ocupa 90 mil m2 divididos em 15 pavilhões, reunindo mais de 850 expositores provenientes de 30 países. São nove dias de evento com mais de 1000 animais de 40 diferentes raças.

Em números, a Equitana tem 97% de seus visitantes com intenções de compras; 73% são proprietários de animais; 83% avaliam a feira como muito boa e 82% dos visitantes e 89% dos expositores tem a intenção de voltar na próxima feira.

Mais informações podem ser acessadas no site www.equitana.com

Legenda:
Marcelo e Sophia, da Agro Maripá, com Patrícia Opik, representante da Equitana no Brasil
Marcelo e Lorenzo junto ao animal Patek na Equitana 2015

O tradicional criatório da Genética Aditiva promove em Campo Grande (MS) no próximo dia 02 de julho às 12h o seu Leilão Gir & Girolando. No pregão serão ofertadas 60 Girolandas prenhas de F1, cinco fêmeas Gir Leiteiro e três touros Gir Leiteiro.

A Genética Aditiva seleciona Gir Leiteiro mirando a produção de Girolando F1 para disponibilizar ao mercado fêmeas F-1, com prenhez de F1 de FIV. Um conceito inovador para incentivar o uso desta genética por parte dos produtores de leite.“Fazemos Fertilização In Vitro (FIV) com sêmen sexado dos melhores touros da raça Holandesa do mercado para a produção de Girolandas de alta qualidade”, ilustra Horbak.

 O rebanho é formado por 100 cabeças e tem sangue de Radar, Sansão, Diamante, Teatro, entre outros reprodutores de destaque do Gir Leiteiro. Já o grupo de doadoras, selecionado pelo pedigree, tem origem na Fazenda Brasília. “As nossas fêmeas tem muita consistência leiteira e são trabalhadas intensamente no controle leiteiro pela Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ).

O leilão será realizado na Terra Nova Eventos com organização da Programa Leilões e  transmisão ao vivo pelo Canal do Boi.

Anúncio Leilão Gir e Girolando Genética Aditiva

Quem busca reprodutores com CEIP (Certificado Especial de Identificação e Produção) a oportunidade do ano acontece no 29º Leilão de Touros da Agropecuária Jacarezinho. Com transmissão ao vivo pelo AgroCanal, o evento será realizado no domingo, dia 24 de julho de 2016, na Fazenda Nova Terra, em Cotegipe (BA). Organizado pela Central Leilões, a AJ colocará para venda no pregão 10 touros TOP Teste de Progênie safra 2013 com CEIP, 260 touros safra 2013 com CEIP, 1000 bezerros safra 2015, 200 bezerras safra 2015, 150 novilhas (Kit AJ com 30 novilhas e 1 touro AJ), e 300 embriões Deca 1 (Top 10%), oriundos de touros de sua seleção.

Um dos principais criatórios fornecedores de reprodutores do Brasil, o leilão da AJ conta com o selo DEPPLUS (marca criada pela empresa para identificar animais ceipados e com DEPs Genômicas). “A Jacarezinho é uma empresa inovadora. Nós acreditamos na tecnologia como um componente imprescindível do melhoramento genético. Assim, criamos o conceito DEPPLUS. Trata-se de mais uma ferramenta oferecida pela Jacarezinho para ajudar na escolha do reprodutor. A DEPPLUS traz mais assertividade e segurança das informações de nossos touros ao mercado, elevando a acurácia dos resultados. Um touro jovem DEPPLUS pode, aos dois anos de idade, ter a mesma acurácia de um reprodutor já provado”, avalia Ian Hill, CEO da AJ.

O Leilão de Reprodutores da Jacarezinho é um dos mais tradicionais eventos comerciais da pecuária do país. “Neste leilão colocamos à venda o melhor da nossa safra de touros DEPPLUS utilizados em nossa estação de monta aqui na Bahia. É a certeza de retorno do investimento pelos pecuaristas que, assim como nós, investem na pecuária produtiva e de ciclo curto”, destaca Rafael Zonzini, gerente corporativo de pecuária da empresa.

A AJ, uma das maiores produtoras de touros com CEIP do país, tem colocado no mercado reprodutores melhoradores a cada ano. A estação de monta é um período calculado na ponta do lápis por sua equipe técnica especializada, para que tudo ocorra de acordo com a programação – e com a expectativa dos clientes. A Jacarezinho realiza o melhor trabalho possível de melhoramento genético para oferecer safras de touros cada vez melhores. E é na estação de monta que esses produtos são avaliados de fato. A AJ trabalha com alto nível de pressão tanto para as matrizes quanto para os reprodutores. Dessa forma, são oferecidos animais melhoradores para contribuir positivamente para a produtividade na pecuária brasileira. Na Fazenda Nova Terra, a estação de monta começa em janeiro e se estende até meados de março do mesmo ano, uma vez que o período das águas acaba chegando um pouco mais tarde no oeste da Bahia. Com uma estação muito curta, é preciso impor alta pressão de seleção e somente as fêmeas mais férteis permanecem no rebanho.

Todos os touros usados no plantel da AJ possuem rígida análise genética. Anualmente, os reprodutores são submetidos ao exame andrológico, e somente os animais aptos são destinados à monta no rebanho. Além dos indicadores de desempenho, os touros usados pela AJ possuem avaliação genômica, com isso tem-se um considerável aumento na confiabilidade de todo o processo. Vale ressaltar que os touros genômicos atingem até 70% de acurácia, o que equivale a um touro já com produtos avaliados (touro provado).

Para obter o melhor resultado em termos de índice de prenhez, a Jacarezinho insemina cerca de 60% do volume total de fêmeas por IA (Inseminação Artificial) e por IATF (Inseminação Artificial por Tempo Fixo). As demais matrizes são submetidas à monta natural e monta controlada. Normalmente, os lotes de monta controlada são compostos por 50 fêmeas e um touro. Assim, a Jacarezinho consegue avaliar importantes características reprodutivas dos reprodutores.

Ainda está programada a FIV (Fertilização In Vitro) no núcleo de 150 doadoras AJ. A produção será de 5000 embriões oriundos desse seleto grupo de doadoras. Para ser uma doadora na Jacarezinho, a fêmea – além de ter altos índices na avaliação genética – precisa ter elevada acurácia. Ou seja, são apenas matrizes com mais de três produtos avaliados e todas DECA 1 (Top 10%). Essas fêmeas terão um desafio ainda maior após passarem pelo processo de coleta. Elas entrarão para a estação de monta para continuar sua produção tendo seus filhos avaliados com os demais contemporâneos da safra.

O evento já tem confirmados os seguintes patrocinadores: Bellman, Agroata/SIM pastagens, CRI genética, CRV lagoa, Projeto DOMA, Neogen/Deoxi e IVB.

Sobre a Agropecuária Jacarezinho

Referência no Brasil em seleção de touros com CEIP, no ano passado, a Agropecuária Jacarezinho foi adquirida por Marcos Molina, controlador da Marfrig Global Foods.
Com essa aquisição, além da unidade nos municípios de Wanderlei e Cotegipe (Fazenda Nova Terra), no oeste baiano, com incorporação das fazendas de Molina (São Sebastião, Sossego, Novo Horizonte no Pantanal Sul-Matogrossense, Jequitibá em Porto Feliz-SP e confinamentos em Goiás e Mato Grosso), a empresa passou a contar com um rebanho de 20.000 matrizes com CEIP. Com isso, a meta é produzir, anualmente, de 3.000 a 4.000 touros com CEIP. Além de touros, a Jacarezinho produz e comercializa embriões, fêmeas, prenhezes, sêmen e bovinos para abate.

Grupo Publique
Eloiza Fontes- eloiza@publique.com

Nessa terça-feira, dia 24 de maio, o presidente do Grupo Publique, Carlos Alberto da Silva, participou da Coletiva de Imprensa Oficial da Intercorte na Capital Paulista, em evento bastante concorrido com a presença do Secretário de Agricultura do Estado São Paulo e Deputado Federal, Arnaldo Jardim, inúmeros profissionais de imprensa e executivos das empresas parceiras. Acompanhe o resultado desta noite.

Neste Fala Carlão, edição 411, o âncora do programa, Carlão da Publique, conversa em São Paulo com Carla Tuccilio, direto do Restaurante BOS BBQ, que já é o Restaurante Oficial da Intercorte.

Acompanhe o resultado dessa noite

Carne é a grande estrela da InterCorte São Paulo

Evento na capital paulista nos dias 16 e 17 de junho apresenta de forma inédita a integração da cadeia produtiva da carne de ponta a ponta

Nos dias 16 e 17 de junho, a Bienal do Ibirapuera, em São Paulo, sedia a InterCorte – Exposição Tecnológica da Cadeia Produtiva da Carne, o evento mais consistente do setor e que traz uma visão inovadora da cadeia produtiva da carne ao integrá-la de ponta a ponta e posicionar a carne e seu mercado como a principal estrela.

A partir da visão do que o consumidor deseja, propõe-se discutir como o setor produtivo deve direcionar seus investimentos e melhorias, e também se relacionar com este mercado. A InterCorte em São Paulo reunirá na Bienal projetos, como uma etapa do Circuito InterCorte com palestras e painéis de discussão, feira de negócios em que as empresas de referência do setor apresentam suas novidades tecnológicas, o Caminho do Boi, projeto que mostra na prática de forma interativa a importância da integração dos elos da cadeia da carne; ShowCorte com demonstração ao vivo de diferentes cortes de carne; a Exposição Arte do Boi, Livraria Cultura do Boi e Leilão Pecuária Solidária, além da Beef Week, movimento coordenado que envolve a participação de lojas de carne e restaurantes da capital paulista com o intuito de melhorar a percepção dos centros urbanos e dos consumidores em relação à qualidade de carne bovina brasileira.

“A InterCorte canaliza todo um movimento de integração efetiva da cadeia produtiva da carne ao unir diversas iniciativas que somam forças para a melhoria do setor. Mais do que simplesmente um evento, a InterCorte é o palco para as mais relevantes discussões sobre a carne, aproximando cada vez mais quem produz de quem consome”, ressalta Carla Tuccilio, diretora da Verum Eventos, que promove a InterCorte.

Etapa do Circuito InterCorte

São Paulo terá uma etapa do Circuito InterCorte, evento itinerante que percorre desde 2012 os principais polos de produção de carne no Brasil para levar informação, discussão e tecnologia aos produtores. Em 2016, o Circuito InterCorte ocorre em Cuiabá (MT) em março, São Paulo (SP) em junho, Campo Grande (MS) em julho, Ji-Paraná (RO) em setembro e Araguaína (TO) em outubro.

O workshop em São Paulo com palestras, debates e painéis tem como tema “Pecuária de ponta a ponta – Tecnologia, Genética, Fazenda, Frigorífico, Distribuição, Mercado e Consumidor”, aprofundado por importantes especialistas, que debatem com o público presente.

A programação do primeiro dia foi desenvolvida em conjunto com o Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável – GTPS, formado por representantes de diferentes segmentos que integram a cadeia de valor da pecuária bovina no Brasil, entre eles indústrias, organizações do setor, produtores e associações, varejistas, fornecedores de insumos, bancos, organizações da sociedade civil, centros de pesquisa e universidades. Após uma explanação sobre os objetivos do GTPS, será feita uma apresentação do Consumer Goods Forum, iniciativa que reúne as maiores empresas globais de alimentos e propõe metas específicas até 2020 para fornecimentos sustentáveis. Representantes da CGF mostrarão na InterCorte o que esperam da cadeia produtiva da carne e serão discutidos aspectos de originação sustentável. A Associação dos Profissionais de Pecuária Sustentável também apresentará algumas ações durante a programação.

Na sequência, três dos maiores grupos varejistas do Brasil – Pão de Açúcar, Carrefour e Walmart – compartilharão cases de sucesso de parceiros fornecedores de carne, seguido de um debate refletindo se o atual modelo de arranjo de elos da cadeia está sendo benéfico aos envolvidos.

No período da tarde, o GTPS fará o lançamento em português de um documento que foi apresentado na Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática – COP 21, realizada em Paris, no final de 2015, mostrando os avanços do setor e posicionando a pecuária como aliada para o desenvolvimento sustentável. O próximo debate é sobre como comunicar os avanços e benefícios da pecuária à opinião pública e ao consumidor. A conclusão do primeiro dia será com a entrega da 2ª edição do Prêmio GTPS de Jornalismo.

No segundo dia (17/6), serão abordados temas mais voltados à produção com foco em produtividade. Haverá palestras e discussões sobre Cadastro Ambiental Rural (CAR), manejo do pasto, genética, suplementação, programas de fidelidade com a indústria, ferramentas de acompanhamento e avaliação de abate, relacionamento entre produtor e indústria. Serão apresentados cases de sucesso e a finalização será com um painel sobre políticas públicas.

ShowCorte

Nos intervalos da programação, o público poderá apreciar o ShowCorte, uma iniciativa inédita focada na demonstração, ao vivo, na Bienal, dos diferentes cortes de carne, dos mais clássicos aos mais inusitados, e seus diferentes modos de preparo e aproveitamento.

Mais do que um show gastronômico, o projeto é uma integração entre a importância da produção pecuária adequada com foco na produção de carnes de qualidade.

Haverá participação de chefs, açougueiros e zootecnistas conceituados e demonstração de carnes de diversas raças.

Feira de Negócios

Os participantes da InterCorte em São Paulo poderão conferir os últimos lançamentos tecnológicos apresentados por empresas de referência do setor, que estarão na feira de negócios que compõe o evento. Com a expectativa de um público altamente tomador de decisões, as empresas preparam novidades para serem apresentadas em primeira mão na InterCorte.

Confirmaram presença na InterCorte de São Paulo as empresas: Minerva Foods, DSM – Tortuga, Dow AgroSciences, JBS, Ourofino, Marfrig, Cargill – Nutron, Agro Maripá, Volkswagen, John Deere, Beckhauser, ABVista, Seleon Biotecnologia, SBC Certificadora, Webgados, Fazenda Sant’Anna, ABC Pecplan, Rubber Tank, CRI Genética, Romancini, DeltaGen, Toledo do Brasil, Multbovinos, Agrocen, Champion, Rastrovet, Mundial Bens e Milho SA. Estarão presentes também na InterCorte as raças Senepol, Marchigiana, Bonsmara, Tabapuã, Simental, Nelore, Hereford e Braford.

Caminho do Boi

O Caminho do Boi é um projeto que convida os visitantes a se colocarem no lugar do animal de corte, percorrendo do pasto ao prato, através de estações interativas. O trajeto percorre importantes etapas do processo, como genética, nutrição, infraestrutura e manejo, sanidade, reprodução, sustentabilidade, sistemas de produção, bem-estar, gestão, transporte, indústria e mercado da carne.

O projeto demonstra a importância da integração dos elos da cadeia da carne e chama a atenção para os impactos das boas práticas na produção, frigorífico, ponto de venda e para o consumidor, de que forma tudo isso impacta na rentabilidade do negócio.

Com essa nova perspectiva oferecida pelo Caminho do Boi, o pecuarista pode ampliar a sua percepção em relação ao que é necessário para melhorar a qualidade da carne que ele produz e o consumidor consegue captar os cuidados e a excelência do setor produtivo para que chegue até a sua mesa um produto saboroso, seguro e saudável.

O Caminho do Boi foi montado pela primeira vez na Feicorte em 2011, em São Paulo (SP) e, por último, na Agrishow de 2015, em Ribeirão Preto (SP).

Criado pela Beckhauser, fabricante de troncos e balanças que se pauta pelo bem-estar animal e manejo racional, o projeto foi inspirado nos estudos da professora e pesquisadora Temple Grandin, da Universidade do Estado do Colorado (EUA), uma das maiores referências em bem-estar animal do mundo. A curadoria técnica de conteúdo é do Prof. Mateus Paranhos, do Grupo de Estudos e Pesquisas em Etologia e Ecologia Animal – ETCO, da Unesp (Jaboticabal/SP) e nesta edição tem a validação do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável – GTPS.

“A comunicação do Caminho do Boi está sustentada em quatro pilares: importância econômica do setor, bem-estar animal, produção sustentável e consumo. A novidade desta edição é justamente convidar o consumidor a olhar para a cadeia produtiva da carne sob uma nova perspectiva, ao mesmo em que colabora para que o pecuarista reflita sobre o seu trabalho a partir da visão do animal e também do consumidor”, destaca Mariana Beckheuser, vice-presidente executiva da Beckhauser, empresa que idealizou o Caminho do Boi.

Farão parte da edição da InterCorte do Caminho do Boi as empresas: CRI Genética, DeltaGen, Ourofino, Cargill – Nutron, Multibovinos, Allflex, JBS, WM Borrachas, Casale, Matsuda, John Deere, Rubber Tank, Rastrovet e Agro Maripá, além da Abiec, GTPS e ABCZ.

Mais informações: www.caminhodoboi.com.br

Exposição Arte do Boi

O público da Bienal poderá apreciar uma exposição de artes plásticas e fotografia envolvendo a pecuária, com a participação dos artistas Renan Antonelli, Fabio Fatori e Rodrigo Gastaldon. Algumas obras serão comercializadas no Leilão Pecuária Solidária.

Leilão Pecuária Solidária

Criado para celebrar os 25 anos de atuação profissional do leiloeiro Eduardo Gomes, no Tocantins, o projeto conta com doações de obras de arte, empresas e instituições ligados ao agronegócio.

As quatro edições realizadas até hoje arrecadaram mais de R$ 1,6 milhão a entidades assistenciais que cuidam de pacientes e famílias carentes, a maioria do Tocantins. Será realizado pela primeira vez em São Paulo durante a InterCorte, no dia 17 de junho, e beneficiará entidades e projetos sociais do estado, como Laramara, Fraternidade Irmã Clara, Amparo Maternal, Associação Paulista Feminina de Combate ao Câncer e Casa de Apoio São Luiz.

Livraria Cultura do Boi

Espaço na Bienal de São Paulo para a comercialização de obras especializadas nos temas pecuária e carne de qualidade. Serão realizados durante a InterCorte lançamentos e tarde de autógrafos de novos títulos ligados ao tema.

Algumas obras que estarão à venda na Livraria Cultura do Boi:

 – “Brasil de Carne e Osso”: Lançada pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC), a obra resgata, documenta e conta toda a história de sucesso da indústria exportadora de carne bovina brasileira com fotos históricas e depoimentos de figuras ilustres e importantes da cadeia da pecuária no Brasil.

– Versinhos Caipiras: três edições da obra do jornalista Sidnei Maschio, que dará autógrafos na Bienal.

Obras da Publique Editora

– “Nelore, retratos de uma raça”, de autoria do fotógrafo Rubens Ferreira

– “Andanças”, de Carlos Alberto da Silva, o Carlão da Publique.

– DVD “Leilões Rurais, entre a Razão e a Emoção”.

– “O milagre do boi brasileiro”: De autoria dos jornalistas Fernando Yassu (atualmente na DBO EDITORES) e de Gitânio Fortes (Folha de S. Paulo)

Lançamento InterConf

No dia 16 de junho, durante a InterCorte, será realizado o lançamento oficial do InterConf, evento promovido pela Assocon – Associação Nacional dos Confinadores.

Aplicativo InterCorte

O público pode baixar gratuitamente o aplicativo da InterCorte, que contém informações sobre todas as iniciativas que compõem o evento. O aplicativo está disponível para iPhone e Android e pode ser baixado na Apple Store ou GooglePlay.

http://intercorte.com.br/app

Restaurante oficial InterCorte

O BOS BBQ – Texas Style Barbecue, o único restaurante de churrasco texano do Brasil, será o restaurante oficial da InterCorte SP. Inspirado nas Barbecue Houses americanas, onde o cliente faz o pedido no balcão e o recebe na mesa, o BOS BBQ proporcionará essa experiência ao público na Bienal com o legítimo churrasco texano, em que os pratos são preparados no Barbecue Pit, defumador americano à lenha com processo de cozimento lento e a baixas temperaturas, de 95 a 115 °C. O resultado é uma carne mais macia, suculenta e levemente amadeirada.

Beef Week

A Beef Week é um movimento de coordenação de cadeia que nasceu com a finalidade de aumentar a percepção dos centros urbanos e dos consumidores em relação à qualidade de carne bovina brasileira.

A Beef Week em São Paulo será de 14 a 19 de junho, com a participação de lojas e restaurante que terão cortes, kits e pratos especiais. Haverá também um espaço da Beef Week na Bienal, onde as lojas oferecerão ao público seus produtos, o Empório Beef Week.

Ela ocorre paralela à Intercorte justamente para aproveitar o momento em que o setor produtivo se encontra para discutir tecnologias e melhorias na produção. “A ideia é agregar a cidade no processo, trazendo uma nova experiência, um novo olhar e novos conhecimentos sobre o produto carne e, ao mesmo tempo, ampliar os horizontes dos produtores em relação ao mercado em que estão inseridos”, explica a coordenadora da Beef Week, Carolina Barretto, profissional com mais de 12 anos de experiência na indústria da carne no Brasil e na América do Sul e que sempre trabalhou pela comunicação entre os diversos elos da cadeia produtiva.

Foi realizada uma edição da Beef Week em Cuiabá (MT) no mês de março, paralela ao Circuito InterCorte, e haverá uma edição em julho, na cidade de Campo Grande (MS). Durante a ExpoZebu 2016, em Uberaba (MG), foi realizada uma “amostra” do conceito da Beef Week, com a realização de Beef Experience e ações na Vitrine da Carne.

“A Beef Week também se apresenta como um manifesto em favor da carne bovina que ajuda a melhorar a visão que se tem a respeito tanto por quem produz como por quem consome, integrando os diversos elos da cadeia produtiva. Esse manifesto é #somosdacarne”, ressalta Carolina.

Está confirmada a participação das lojas Talho Carnes, The Butcher, Carnes del Sur e Villa Beef, e dos restaurantes Micaela, BOS BBQ, Varanda Grill e Barbacoa. Diversas marcas de carne estarão à venda na Bienal no Empório Beef Week.

Mais informações: www.beefweekbrasil.com.br

Sobre a InterCorte

A InterCorte é uma realização da Verum Eventos, em parceria com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC), Embrapa, GTPS – Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável, Assocon – Associação Nacional dos Confinadores, Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Governo de SP, Associação Brasileira dos Criadores de Zebu, Canal Terraviva, Grupo Publique, Villa Beef Carnes Especiais, Broadcast Agro e Scot Consultoria.

O evento conta com o apoio da ACRIMAT – Associação dos Criadores do Mato Grosso, FAMASUL – Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul, ASBIA – Associação Brasileira de Inseminação Artificial, ABAG – Associação Brasileira do Agronegócio, Aprova – Associação dos Produtores do Vale do Araguaia, Global Agribusiness Forum 2016 e Bonsmara Beef.

SERVIÇO

InterCorte – Exposição Tecnológica da Cadeia Produtiva da Carne

Data: 16 e 17 de junho

Local: Fundação Bienal São Paulo – Pavilhão Ciccillo Matarazzo (Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Parque do Ibirapuera – portão 3)

Site oficial: www.intercorte.com.br/saopaulo